Espiral Positiva e Espiral Negativa

Querendo ou não, somos alimentamos por tendências aceitas, elas podem (geralmente são) inconscientes, a questão aqui é: nossas tendências estão nos elevando ou nos deprimindo? São positivas ou negativas? Fato: uma mesma realidade é vista de modos diferentes, por diferentes pessoas, e na base há essencialmente dois gabaritos, duas polaridades, tipo: uma perspectiva pode ser sensata ou insensata, de luzes ou de sombras, de otimismo ou pessimismo, de amor ou indiferença, de ação ou lamentação, de realismo ou ilusão, de ideais e sonhos ou conformação e alienação, e por aí vamos…

O desafio é conquistar abertura (receptividade), garantir espaços na mente para as “provocações positivas”, aquelas que instigam uma auto análise construtiva, interessante e capaz de, honestamente, mover a pessoa para mais próxima de seu melhor. Precisamos “decantar” de vez em quando, com inteligência refletir sobre como estamos alimentando nosso “EU”. Estamos abrindo mão do que não deveríamos? Se existem anjos e demônios em você, escolha sabiamente qual deles alimentar.

Observe o parafuso, veja seus caminhos (traços), a sua espiral, seu relevo oferece duas alternativas: uma para cima (apertando), e outra para baixo (afrouxando). Pare por alguns instantes, tente encontrar semelhanças implícitas (bastidores) em sua própria vida, um paralelo com as opções do parafuso… Você escolhe com inteligência o sentido de sua espiral? Aceita apertos periódicos ou prefere frouxidão? Como anda a sua autocrítica, autoestima, motivações, ideais, lucidez? Está valorizando suas qualidades?

Você pode seguir uma espiral ascendente ou decrescente. Lembre-se: a qualidade de sua vida começa em seu interior, o exterior é apenas seu reflexo. A vida se torna mais interessante para aqueles que seguem conquistando mais entendimento, compreensão, sensibilidade, aceitando “se apertar” quantas vezes forem necessárias. Surgindo oportunidades de evolução diante do contexto!

Quais os tipos de pensamentos, sentimentos e atitudes que mais são alimentados em sua mente? Sua inteligência sabe evitar a espiral negativa? Atenção redobrada diante do papel de vítima, muitas vezes inconsciente, tipo: “eu não escolho o que penso, eu não escolho o que sinto ou o que faço, eu sempre fui assim, minha vida sempre foi uma luta sem fim, ponto”. Neste condicionamento ingênuo há uma aceitação (negativa) sendo retroalimentada/reforçada, que leva a estagnação.

Cada caso, um caso. O bom senso pede inteligência diante de nossas escolhas, sugere que toda pessoa, honestamente, procure ganhar competência de reconhecer em que tipo de espiral vive a maior parte de seu tempo. Isso implica (re)examinar a consciência, a “caixa preta”, o “piloto automático”, o modus operandi individual. Não é uma tarefa fácil, mas trata-se de um processo libertador, de ascensão pessoal autêntica.

Suas escolhas pessoais implicam na questão: a espiral em minha vida é positiva? Estou fluindo demais pela aceitação do mais fácil, por quê? Algumas espirais negativas escondem motivações de outros tempos, consolidação de conclusões tolas, infantis, de experiências já vividas que ainda carregam os mesmos pesos emocionais (ingênuos), são: crenças limitadas, hábitos ruins, descuidados alimentares, indiferenças diversas, escolhas infelizes de amizades, de relacionamentos etc.

É importante saber se cuidar de verdade, aceitando ser sujeito ativo diante dos desafios que estão para todos nós. Observe a qualidade de suas próprias tendências, assuma precauções com seus “pontos cegos” diante de tendências negativas. Busque conquistar e defender sua espiral positiva, um dever exclusivamente seu, que merece tempo qualitativo para se desenvolver em sua própria consciência.

  • Autor: Alexandre Arrenius Elias
  • Psicoterapia para a Felicidade

Click para Avaliar essa Matéria
[Total: 1 Média 5]

Geferson Oliveira

Músico, Administrador de Empresas, amante da Cultura e cozinheiro nas horas vagas. A pior prisão é a do preconceito! Pessoas normais me assustam! Cria Curvos Y Te Sacarán Los Ojos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *